Na abertura do EncontrArte, magia do teatro ocupa a Praça Ruy Barbosa

Por: Bernadete Travassos
bernadete_travassos@yahoo.com.br

Nanini agradece a homenagem feita pelo EncontrArte

Nanini agradece a homenagem feita pelo EncontrArte

Luzes, som, atores e público. Tudo que era necessário para a magia do teatro surgir na abertura da 13ª edição do festival de teatro EncontrArte aconteceu na noite de quinta-feira, 18 de setembro, na Praça Ruy Barbosa, no começo do calçadão de Nova Iguaçu. Quem chegou mais cedo conseguiu sentar numa das cadeiras, e quem demorou ficou de pé, como normalmente acontece no teatro de rua. E o público gostou e aplaudiu o espetáculo Clube dos Palhaços, dos Irmãos Brothers.

Adultos e crianças se divertiram com a história da trupe de palhaços que aproveita as férias para se divertir em um clube e apronta poucas e boas.  Ao redor, quem saia do trabalho em lugares próximos, o gari que varia a rua, todos se aproximaram para ver os malabarismos e a primorosa técnica dos atores e também conhecer um dos homenageados deste ano, o ator Marco Nanini.

Nanini saldou o público iguaçuano pelo seu interesse pela cultura e o secretário de Cultura de Nova Iguaçu, Wagner de Almeida, e o secretário de Governo, Tiago Portela, por terem acolhido e apoiado o EncontrArte.  Ao lado das autoridades municipais estavam os gerentes  da Petrobras Regina Studart e Ricardo  , patrocinadora maior do evento; e o representante  da secretaria de Cultura do Estado, Alan  Martins.

 

Vista aérea da Praça Ruy Barbosa

Vista aérea da Praça Ruy Barbosa

“Os realizadores estão de parabéns! Sei que este festival só acontece graças ao esforço próprio deles”, disse o ator, se referindo aos produtores Claudina Oliveira, Fábio Mateus e Tiago Costa. Como a temática desse ano é teatro de rua e a arte se que nesse local, o apresentador da abertura foi o iguaçuano Wallace Fly, vendedor de doces finos, que costuma oferecer suas guloseimas  falando em inglês, francês e português.

Alunos do programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) que estudam no Instituto de Educação Rangel Pestana foram liberados para assistir à peça. E saíram satisfeitos de lá, assim como as dezenas de crianças que sentaram no chão, na primeira fileira. Enquanto esperavam o início do espetáculo e até mesmo enquanto ele transcorria, quem estava de pé  no entorno podia sair e tomar um caldo de cana servido numa das várias barracas de comida que são instaladas na Praça Ruy Barbosa ao cair da noite.

Antes de voltarem para casa, um  rapaz vestido com o boneco que simboliza a maratona teatral distribuiu rosas para as  jovens e senhoras presentes. A escolha do nome da mascote do festival, um menino que veste fraque e usa uma cartola na cabeça, será feita pelo público em votação direta através do site do festival www.encontrarte.com.br

No site também está a programação completa do evento, com dias, horários e locais dos 23 espetáculos e  informações sobre a exposição Retratos do EncontrArte, agora no SESC Nova Iguaçu, e depois de 27 de setembro também no Complexo Cultural da cidade.

 

Sem comentários ainda

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário